Coronavírus: Suspensão de aulas será inicialmente por 15 dias e Seduc analisará prorrogação por mais 15

Coronavírus: Suspensão de aulas será inicialmente por 15 dias e Seduc analisará prorrogação por mais 15
 A suspensão das aulas em Rondônia por conta do avanço do Coronavírus será inicialmente por 15 dias, detalhou o secretário da Educação, Suamy Vivecananda Lacerda Abreu na manhã desta segunda-feira (16). “O decreto traz 30 dias. Vamos acompanhar uma semana após 15 dias e ver o que vai acontecer, se aparecer algum caso, infelizmente vamos ter que ter que prorrogar”, explicou.

A informação foi repassada durante coletiva com autoridades da saúde. Segundo Suamy Vivecananda, apesar da autonomia das esferas estadual, municipal e rede privada, ele acredita que escolas particulares e até faculdades devem seguir a mesma regra.

O secretário anunciou a decisão de proibir o trânsito de servidores da educação pelas escolas da Capital e interior, para evitar qualquer possibilidade de disseminação do vírus. Ele explicou que a decisão do Governo de Rondônia atinge todo o sistema (único) de educação sob domínio do estado de Rondônia, que inclui as instituições estaduais, municipais, federais e privadas.

Segundo ele, as aulas em todas as instituições de ensino estarão suspensas a partir de terça-feira, por 15 dias, e se necessários for, este período pode ser prorrogado para evitar riscos e resguardar a saúde dos estudantes e da população. Ele explicou, contudo, que o Governo não vê risco de prejuízo do ano letivo, as aulas podem avançar no período das férias escolares. “O ano letivo de 200 dias será mantido”, disse observando que não há qualquer previsão para redução da carga horária.

 

 

Fonte:rondoniagora.com

Sobre Rafael Rigon