De 101 presos foragidos em 2019 na Capital, apenas 52 foram recapturados

De 101 presos foragidos em 2019 na Capital, apenas 52 foram recapturados

Dos 101 presos que fugiram das unidades prisionais de Porto Velho este ano, 52 foram recapturados, segundo informou a Secretaria de Estado de Justiça (Sejus) ao RONDONIAGORA e diz que os setores de investigação do Estado trabalham para recapturar os demais;

A primeira fuga em massa foi registrada no dia 23 de fevereiro, quando 15 detentos serraram as grades da cela e fugiram do presídio Ênio Pinheiro, localizado na Zona Rural de Porto Velho. Em seguida novas evasões aconteceram no Centro de Ressocialização Vale do Guaporé, Presídio de Médio Porte, Ênio dos Santos Pinheiro, Penitenciária Estadual Milton Soares de Carvalho e da Penitenciária Estadual Edvan Mariano Rosendo.

A Coordenadoria Geral do Sistema Penitenciário, disse que está se empenhando de forma abrasiva juntamente com seus gerentes regionais para reforçar a segurança dentro das unidades prisionais e algumas medias foram adotadas.

A Sejus explica que instalou câmeras nas unidades prisionais e adquiriu Body Scanner (Raio-X) para evitar que objetos ilícitos entrem nas unidades, com o objetivo de serem utilizados na fuga de apenados. A secretaria informou ainda que foi feita a transferência de presos para penitenciárias de maior porte, como medida cautelar afim de evitar fuga em massa.

Processos administrativos foram abertos pela secretaria para apurar possíveis responsabilidade de servidores.

Com a saída da Polícia Militar das guaritas prisionais, a Sejus informou que está tentando viabilizar o aumento de 40 horas extras para 60 horas de serviços extraordinários para os agentes penitenciários. O pedido está em tramitação junto à Procuradoria Geral do Estado.

 

 

Fonte:rondoniagora.com

Sobre Rafael Rigon