Vacinação contra febre aftosa deve ser comprovada até sexta, 22, em Rondônia

 

 

Quem não fizer a comprovação de vacinação vai pagar multa, segundo a Idaron.

Termina na próxima sexta-feira (22) o prazo para o produtor rural comprovar que vacinou seu rebanho contra a febre aftosa em Rondônia. A 47° etapa de vacinação encerrou no último dia 15 de novembro.

Segundo a Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado (Idaron), quem não declarar a vacina pagará uma multa de R$ 176,70 por cada bovino não vacinado. Rondônia tem, ao todo, um rebanho de 14 milhões de bovinos e bubalinos.

A agência afirma que a vacinação é uma prioridade do governo, pois a febre aftosa “é uma das mais temidas e prejudiciais doenças que afetam a pecuária, com reflexos econômicos graves para a produção primária”.

A 47ª etapa da vacinação tinha como alvo os bovinos e bubalinos com idade de zero a 24 meses. A declaração de vacinação pode ser feita pelo produtor nas unidades da Idaron no estado

 

 

 

Fonte:florestanoticias.com

Sobre Rafael Rigon